quarta-feira, novembro 16

218. Retorno


Mandado e retornado. Um pouco confuso, mas enfim, de volta aos pequenos mundos de concreto e a ser o mesmo náufrago em meio ao rumor ensandecente da Paulópole, à vidinha pequena, tinta com umas cores tomadas ao Serrat: e assim estão as coisas entre São Paulo e mim.
É bem provável que eu continue mais alguns dias extrarrede por afazeres acadêmicos que se acumularam, por acídia braba, por temporária falta de assunto e por outras confusões cefálicas que se me implantaram no cérebro, uns assuntos cortantes e escorregadios. Talvez eu não responda tão logo os vossos correios, nem os vossos comentários. É isso mesmo: fechado para balanço.

Até breve (espero) e um abraço para todos.

2 Comentários:

Blogger Onapomona disse...

Seja bem vindo, príncipe.

quarta-feira, novembro 16, 2005 1:09:00 da tarde  
Blogger Jeferson Ferreira disse...

Gostei de Paulópole. Tira do blog essa foto horrível do metrô!

quinta-feira, novembro 17, 2005 12:27:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home