quinta-feira, agosto 17

344. Velhas lições

A formiga e a lupa

Em alguma época da década de 80, o meu avô me deu uma lente de aumento com cabo, uma lupa, grande e com uma lente pesada, que aumentava os objetos umas dez vezes. Lembro-me do primeiro uso para a lente que vovô me ensinou:
Mira, hombrecito, você pega a lente, no sol... assim. Vai aproximando ou recuando até essa bolinha de luz no chão... está vendo? Até ficar bem pequenha... i quando ficar ben pequenha - non põe o dedo, só non pode poner o dedo, porque queima, eh? Quando ficar ben pequenhita, você leva a lucinha até uma formiga, un bessouro... mira, acá ten una formiga... você põe a luzinha ben em cima dela... viu? Mira lá... saiu até uma fumacinha...

7 Comentários:

Blogger Jeferson Ferreira disse...

eu deixava gotas de plástico em cima delas...

quinta-feira, agosto 17, 2006 5:16:00 da tarde  
Anonymous Donato disse...

E depois o velho ainda queria convencer a família de que tinha lutado ao lado do Franco somente por obrigación. Ah, tá!

quinta-feira, agosto 17, 2006 6:34:00 da tarde  
Blogger Sergi-Domenech Ferrer i Vernau disse...

Vovô era regular do Exército Republicano... o problema é que o jogo virou no meio do caminho.
Além do mais, Donato, o Generalisimo era galego, de Ferrol que, por muito tempo foi nomeada Ferrl del Caudillo. Tanto que, se não me falha a memória, tem uma estátua eqüestre dele lá até hoje.

sexta-feira, agosto 18, 2006 9:02:00 da manhã  
Blogger Cicero disse...

Sérgio,

Confesse: você trocou "las formiguitas" e la lupita" por pessoas e maçarico. Tsc, tsc, tsc. Tal avô, tal neto.

Bem, queimar "algunas personas en la FFLCH" não seria necessariamente um crime (sou favorável ao retorno da Inquisição, como podes observar).

Vou-lhe passar um pequeno Index (ou lista de professores) com o nome de pessoas que gostaria que virassem "fumacita", ok cabrón?

Un abrazo

sexta-feira, agosto 18, 2006 12:46:00 da tarde  
Blogger José Américo de Melo disse...

Essa modalidade lúdica eu descobri sozinho, primeiro queimando o dedo antes de passar aos artrópodes.

sábado, agosto 19, 2006 10:49:00 da manhã  
Blogger danieli disse...

papai jogava álcool nas caranguejeiras que se atreviam a tomar sol no quintal de casa.

domingo, agosto 20, 2006 7:30:00 da tarde  
Blogger Sergi-Domenech Ferrer i Vernau disse...

Todo mundo quase tem uma historieta de maldade congênita ou hereditária, não é?

segunda-feira, agosto 21, 2006 9:23:00 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home